Diretor Geral do DNIT visitará obras da BR-364 e anunciará recursos para o Anel Viário na próxima terça-feira

53
O Diretor-Geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Valter Silveira, visitará o Acre na próxima terça-feira (20) para inspecionar as obras restauração da BR-364 e anunciar recursos para a construção do Anel Viário, obra de acesso a BR-317. Na região de Envira, Silveira participa do lançamento da segunda frente de serviços de restauração da BR-364, no trecho entre Feijó e Tarauacá, um total de investimentos na ordem de R$ 49,9 milhões. No Alto Acre, o anúncio é de R$ 25 milhões empenhados para a construção do Anel Viário entre as cidades de Epitaciolândia e Brasileia.

Silveira se desloca para a região de Envira acompanhado do Coordenador-Geral de Manutenção e Restauração Rodoviárias, Fábio Nunes, o superintendente do DNIT/AC, Thiago Caetano e o coronel Luiz Henrique, do 7º Batalhão de Engenharia e Construção (BEC). Eles serão recepcionados pelo senador Gladson Cameli (PP-AC), os prefeitos das cidades de Feijó, Kiefer Cavalcante (PP); de Tarauacá, Marilete Vitorino (PSD) e de Manoel Urbano, Tanízio de Sá (PMDB). O anúncio da frente de serviços acontecerá na entrada da cidade.

De Feijó, Silveira e a comitiva do DNIT, acompanhado do senador Gladson Cameli seguem para cidade de Xapuri. Do aeroporto da cidade eles se deslocam até o município de Brasileia, onde está previsto uma visita técnica na Avenida Marinho Monte e um encontro com prefeitos, lideranças municipais e populares onde será anunciado a obra de construção do Anel Viário entre as cidades de Epitaciolândia e Brasileia.

O senador Gladson Cameli, em entrevista à imprensa de Cruzeiro do Sul, na manhã de hoje (16), destacou que o governo federal prevê um dos maiores investimentos dos últimos anos em obras de infraestrutura para o Acre.

“Esse é o maior volume de investimentos já garantidos pelo governo federal somente para obras em rodovias que cortam o nosso estado. Somente na BR-364 estão previstos restaurações em mais de 300 km. Os trabalhos já foram iniciados na BR-317 desde Assis Brasil, e brevemente será dada ordem de serviço para o trecho entre Rio Branco e Sena Madureira”, disse o senador.

Cameli percorreu de carro durante o feriado todo o trecho de 632 km entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul, fiscalizando as primeiras frentes de serviços e conversando com trabalhadores e produtores ao longo da rodovia

“Essa modalidade de licitação permite a liberação de recursos de acordo com as medições dos trechos executados. Portanto, não tenho dúvidas de que chegaremos com a restauração até 2018 na cidade de Cruzeiro do Sul. Quem vem para o Juruá precisa passar por Sena Madureira, Manoel Urbano, Feijó e Tarauacá. Com calma venceremos todos os desafios e chegaremos ao desenvolvimento que tanto nosso povo anseia”, acrescentou Cameli.

Cameli disse que a visita de Valter Silveira e do Coordenador-Geral de Restauração e Manutenção, Fábio Nunes, vai ser importante para que o governo federal assegure ainda mais a importância da rodovia para a ligação rodoviária do estado. “Eu continuo chamando a sociedade para se incluir nesta luta. A hora é de construir pontes, fiscalizar a execução das obras nos trechos lançados para garantir a liberação de mais recursos até chegarmos a Cruzeiro do Sul”, concluiu Cameli.

Assessoria