Gladson vai a Nova York participar de Simpósio e levar mensagem sobre queimadas

584

Cameli foi convidado pela Internacional Econômica Alliance (IEA), uma organização independente sem fins lucrativos criada em Harvard SAIMO MARTINS, DO CONTILNET
20 de setembro de 2019,

A Internacional Econômica Alliance (IEA), uma organização independente sem fins lucrativos criada em Harvard nos Estados Unidos em 2003 para promover o comércio global, o investimento e as relações econômicas entre as nações, convidou o governador Gladson Cameli (Progressistas) para participar do 12º Simpósio Anual de Investimentos Globais. Na ocasião, Gladson levará uma mensagem importante com relação às queimadas.

“Vou a esse encontro porque o Acre ganhou um prêmio muito importante. Quero mostrar de uma vez por todas que sou totalmente contra às queimadas e que nosso governo irá cumprir com as propostas amplamente divulgadas no plano de campanha”, declarou.

Segundo Cameli, que embarcou na noite de quinta-feira (19), essa viagem é histórica para o Acre, tendo em vista que foi aprovada uma Lei no Estado da Califórnia, que permite que o Acre, juntamente com o Mato Grosso, transacione Carbono para a cidade americana.

Essa tradição comercial da AGNU – Assembleia Geral das Nações Unidas, ocorrerá durante toda a semana, durante a 74ª Assembléia Geral da ONU, de 23 a 27 de setembro de 2019.

O Simpósio é uma oportunidade única para os Chefes de Estado envolverem líderes globais de negócios e finanças, além de realizarem reuniões privadas para promover o país, atrair investimentos e criar empregos e voz dos negócios.

O Simpósio oferece negócios interativos e discussões que permitem que líderes globais de negócios, governo e finanças se envolvam em práticas.

Desenvolvidas por professores de Harvard, essas discussões apresentam palestrantes como Paul Volcker, Muhtar Kent, Craig Barrett da Intel e Presidente da Estee Lauder, William Lauder e investidores como Hank Greenberg, Nicolas Berggruen e Steven Schwarzman. O evento tratará de reuniões de negócios personalizadas para 60 países membros da AGNU.