MPAC vai investigar acúmulo de cargos de servidor que atua como policial civil no Acre e militar em Rondônia

864

Ele já foi condenado nos autos do mesmo processo pelo crime de falsidade ideológica,

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

Foi na edição do Diário Eletrônico do Ministério Público do Acre (MP-AC) desta quarta-feira (29), a abertura de um inquérito com objetivo de averiguar possível acúmulo de função de um servidor público que atua como policial civil no Acre e policial militar em Rondônia.

Caso está sendo investigado pelo MPAC/Foto: reprodução

O MP colheu informações e encaminhou o caso ao Juiz de Direito da 3ª Vara Criminal da Comarca de Rio Branco. Nos autos do processo, o indivíduo identificado como A. F. A. acumulava indevidamente os cargos nos dois estados e já foi condenado nos autos do mesmo processo pelo crime de falsidade ideológica, em razão do servidor ter inserido declaração falsa sobre acumulação ou não de cargos e funções.

O promotor Romeu Cordeiro Barbosa Filho diz que a conduta referida “possivelmente violou os princípios administrativos e causou enriquecimento ilícito, que são atos de improbidade administrativa, previstos em lei, por fim, que a notícia fato não foi apreciada dentro do prazo legal, sendo necessário aprofundar as investigações”, destacou.