Eleitor que não votou no primeiro das eleições municipais de 2020 tem até próximo dia 14 para justificar

Por Marcelina Freire

Nas eleições 2020, que aconteceram excepcionalmente este ano por causa da pandemia de covid-19, nos dias 15 de novembro (1º turno) e 29 de novembro (2º turno) 23,60% dos eleitores acreanos  não compareceram às urnas, mas, os que se abstiveram de votar têm até esta quinta-feira, 14, para justificar a ausência  no primeiro turno, já para quem faltou no segundo turno o prazo termina dia 28 deste mês.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a regra é passível de multa e quem não compareceu às urnas em dos turnos das eleições municipais precisa justificar a ausência, caso o procedimento não seja realizado, será preciso pagar uma multa e pode ficar sujeito a restrições.

De acordo com o TSE, a recomendação é que a justificativa seja feita, preferencialmente, por meio do aplicativo e-Título, disponível para celulares com sistemas operacionais Android ou iOS. Ou ainda, pode ser feito também pela internet, por meio do Sistema Justifica.

Mas o eleitor que não conseguir fazer o procedimento pela internet, pode fazer de modo presencial, no Cartório Eleitoral. Para todos os casos, o cidadão precisa preencher um Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE), descrevendo por que não votou e anexar documentação que comprove o motivo da falta do dia da votação.

Nas eleições municipais do ano passado, o Acre teve 132.461 faltosos em todo o estado, o número representado pelo percentual de 23, 60% dos eleitores aptos a votar é maior do que índice nacional de abstenção de 23,14% no primeiro turno em todo o país. Uma das justificativas para o alto índice de abstenção foi a pandemia de novo coronavírus.

Next Post

Comentários