No Topo: Acre segue com o litro do combustível mais caro do país

Por Wanglézio Braga

Há anos o estado do Acre segue com o litro mais caro do diesel e da gasolina do país. Segundo dados do Ticket Log, plataforma de abastecimento de frotas, a tendência do estado é continuar no topo. Isso porque uma publicação apontou que na Região Norte, o preço da gasolina tem variação de 23%. Na comparação entre Estados, o Acre mantém a liderança com os valores mais caros para os dois combustíveis.

A plataforma considerou dados do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), o preço médio do litro de gasolina no Brasil tem o seu maior e menor valor na Região Norte. No Acre, o combustível é comercializado a R$ 5,207, enquanto no Amapá, a R$ 4,243, uma diferença de 23%. Ainda na região, o Amazonas registrou o maior aumento neste início de 2021, de 4,43% em relação a dezembro.

“Tanto o diesel comum, encontrado a R$ 4,157, quanto o diesel S-10, a R$ 4,204, têm o maior preço médio identificado na Região Norte pelo IPTL. A maior alta registrada na região entre os combustíveis foi do diesel em Roraima. O preço médio do litro do combustível aumentou 4,9% em relação a dezembro, e está em R$ 4,202”, pontua Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

A plataforma informou ainda que “o Acre lidera a lista de combustível mais caro no diesel e no diesel S-10, além da gasolina. O diesel comum é encontrado no Estado a um preço médio de R$ 4,736, e o diesel S-10, a R$ 4,703. O etanol foi registrado com o maior valor médio no Pará, de R$ 4,096, isso sem considerar os Estados do Amapá e Roraima, cujos dados de volume de abastecimento do período não são suficientes para retratar o valor médio”.

Next Post

Comentários