Em Cruzeiro do Sul, quem for pego sem máscara pagará multa de R$ 104,65

Foi publicado na edição de hoje (08) do Diário Oficial do Estado (DOE) um decreto assinado pelo prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima (PP), que proíbe o agrupamento de pessoas em locais públicos bem como ao pagamento de multas aos cidadãos que não fazem uso de máscaras faciais nas vias da cidade. A multa estipulada via decreto é de R$ 104,65.

Segundo o dispositivo, “o valor disposto no artigo será majorado, gradativamente: em 20%, na primeira reincidência; em 30%, na segunda reincidência; em 50%, nos demais casos”, que acrescenta “O não pagamento da multa no prazo estipulado ensejará em negativação do CPF do contribuinte”.

O decreto assinado pelo prefeito sugere multa para servidores que não utilizam a proteção individual. “No caso da pessoa física, servidor municipal, quando no exercício da função, a não utilização da máscara de proteção individual implicará em advertência administrativa, e, havendo reincidência, abertura de processo administrativo”

No mesmo decreto, o prefeito proibiu o agrupamento de mais de cinco pessoas em locais públicos e a utilização dos balneários públicos e particulares de acesso ao público ou não, praças de alimentação, locais para a prática de quaisquer tipos de atividades físicas (academias), tanto público como particular, incluindo o bloqueio com cavalete na Av. Mâncio Lima, Aeroporto Velho e similar.

COLAPSO NA SAÚDE DE ‘CZS’

Nas redes sociais, o prefeito informou que conversou com o Governador Gladson Cameli, do PP, sobre o colapso da saúde no município. Ele também repercutiu a informação de que o Estado vai enviar suprimentos para aumentar os números de leitos.

“O que mais temíamos aconteceu, um colapso na saúde, leitos sem vagas e pessoas na fila esperando, é desesperador, é triste e lamentável essa situação. Conversei com nosso governador Gladson Cameli e ele está muito preocupado com este cenário na nossa região. Ele inclusive conseguiu mandar novos respiradores para ajudar a situação das pessoas que precisam desse cuidado mais especial. Agradeço imensamente essa ajuda que vai salvar vidas”, escreveu.

O prefeito acrescentou em seguida: “Mas é importante que tenhamos consciência que, mesmo com esses novos respiradores, continuamos com os leitos superlotados, com novos casos chegando diariamente e profissionais arriscando suas vidas para salvar a de outras pessoas. Por isso, por favor, peço que todos possam ajudar nesse momento, seguindo todas as medidas de distanciamento e os cuidados necessários. Tenho repetido muito e vou seguir repetindo: união é o caminho para vencermos essa doença terrível”.

Next Post

Comentários