Novo coronavírus pode ficar até três dias no automóvel, diz estudo

Conheça recursos que podem eliminar causador da Covid-19 do veículo.

Por iG Carros

Uma limpeza bem feita, inclusive nos bancos de couro, consegue eliminar o novo coronavírus do interior do carro
Divulgação

Uma limpeza bem feita, inclusive nos bancos de couro, consegue eliminar o novo coronavírus do interior do carro

Um estudo conduzido pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) comprovou que o novo coronavírus pode permanecer em superfícies metálicas e plásticas por até três dias. Sendo o automóvel um possível vetor da doença por causa das várias zonas de contato, liga-se o alerta para a higienização ideal.

Durante a pandemia , empresas se especializaram para que o novo coronavírus seja completamente eliminado do automóvel. Este é o caso da rede de lava-rápidos WOW, que desenvolveu recursos para higienizar completamente um veículo em apenas três minutos.

Felipe Boell, CEO da empresa, alerta sobre os perigos da má higienização de um automóvel. “Muitas pessoas ficam atentas a maçanetas de portas ou a botões de elevador, higienizando as mãos após este contato, ou com a higienização de compras e demais insumos, por exemplo, esquecendo que não possuem controle sobre quem toca em seus veículos, por exemplo, em um estacionamento”, diz o executivo. Veja no vídeo abaixo como é feita a higienização.

Em suas quatro unidades em Curitiba (PR), a empresa estará higienizando gratuitamente carros de profissionais da saúde que trabalham na linha de frente da doença. Da mesma forma, a Ultragaz, empresa de distribuição de gás domiciliar, lançou a ‘Ultrasolução Prime Clean’, solução que tem 100% de eficácia contra o novo coronavírus , segundo o laboratório francês Eurofins.

O recurso pode ser encomendado por concessionárias , oficinas e outras empresas que operam manuseando veículos de terceiros. Além de eliminar o causador da pandemia, a Ultrasolução Prime Clean acaba com odores difíceis de sair causados por fungos e bactérias.

Next Post

Comentários