Nova direção do Patriota recusa filiação do presidente Bolsonaro

Presidente do partido, Adilson Barroso, foi destituído pelo vice Ovasco Resende

Por Coluna Esplanada | | Por Leandro Mazzini

Segue a novela Bolsonaro atrás de um partido para chamar de seu. O Patriota se enrolou todo. O presidente, Adilson Barroso, foi destituído pelo vice Ovasco Resende em convenção com maioria dos delegados. E a turma da nova direção não topa filiação do presidente da República, tratada pelo presidente anterior – que já filiou o filho Zero Um, o senador Flávio Bolsonaro.

Bolsonaro tem ainda opções como Progressista, PTB, Aliança 35 (ex-Partido da Mulher Brasileira). Mas quer legenda que tope lhe entregar a toda a  executiva e o controle dos fundos partidário e eleitoral. O que é muito difícil. A conferir.

Next Post

Comentários