Cadeirante morre e filho confessa enterro do corpo no galinheiro de casa

Crime teria acontecido durante a madrugada deste domingo

Um homem de 48 anos foi preso, neste domingo (8), após confessar que enterrou o corpo da mãe no galinheiro de casa, no bairro Santa Felicidade, em Curitiba. A vítima tinha 90 anos e era cadeirante. De acordo com a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o filho relatou que enterrou o corpo para cumprir um desejo da mãe.

À Banda B, o vizinho Edson Lopes disse que os moradores da região desconfiaram da história criada pelo filho e chamaram a polícia. “Ele disse que o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) teria sumido com a mãe e que não conseguia encontrar nos hospitais, mas como era tudo muito estranho, foi melhor chamar a polícia. Pelo menos desde sexta-feira a gente não via ela”, descreveu.

A Polícia Civil realizou a perícia durante a tarde deste domingo para verificar a possibilidade de um crime mais grave. O enterro teria ocorrido durante a madrugada e bate com o relato do filho.

Investigação

De acordo com a delegada Aline Manzatto, o corpo foi enterrado em uma cova rasa, ao lado de uma árvore. “Agora tudo depende do exame de necropsia, que vai apontar se a morte realmente ocorreu de forma natural. Vamos aguardar para verificar se há algum indício de homicídio”, explicou.

Inicialmente, o filho foi detido por ocultação de cadáver. Agora a Polícia Civil aguarda o resultado da perícia para dar continuidade às investigações.

Next Post

Comentários