“A esquerda preserva seus bandidos”, diz Bittar ao criticar JV que festejou prisão de Roberto Jefferson

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
POR TIÃO MAIA

Sobrou para o ex-governador e ex-senador pelo Acre, Jorge Viana, do PT. Num vídeo veiculado em suas redes sociais, na noite deste sábado (14), o senador Márcio Bittar (MDB) criticou duramente o petista por suas declarações, também em redes sociais, festejando a prisão do ex-deputado Roberto Jefferson, por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

 

Jorge Viana teria dito que “bandido bom é bandido preso”, numa referência direta a Jeferson. “O que diria Jorge Viana em relação ao ex-presidente Lula, que teve condenações em três tribunais?”, questionou Bittar. Para ele, a esquerda, onde Jorge Viana se situa ideologicamente, ‘padece de algum problema mental, que defende a prisão apenas dos adversários e preserva os seus bandidos’.

No vídeo, Márcio Bittar também sai em defesa do presidente Jair Bolsonaro. Diz que, em 2018, sem dinheiro, sem partido, sem esquemas regionais, Bolsonaro sagrou-se presidente da República e desde então passou a sofrer ataques do Congresso nacional, da grande mídia e agora, segundo ele, do STF. Márcio Bittar encerra o vídeo rogando proteção à vida do presidente e ao futuro do Brasil.