Acre enfrenta mesmo fenômeno vivenciado em Manaus, segundo Thor Dantas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Da redação

O médico infectologista Thor Dantas usou as redes sociais mais uma vez para alertar sobre os cuidados sobre a contaminação pelo novo coronavírus, ao mesmo tempo em que fez uma reflexão sobre a pandemia no Acre. De acordo com ele, “o mesmo fenômeno que se viu em Manaus começou aqui”.

“Não se sabe quais suas causas definitivas (imunidade prévia, variantes novas, comportamentos impróprios, tudo isso junto…), mas já se viveu suas consequências”, diz o infectologista.

Ainda de acordo com Thor Dantas, “a demanda já supera a oferta que foi instalada para a primeira onda. Grandes esforços necessitam ser feitos para evitar o colapso. Nos preparemos todos para um período muito difícil pelas próximas semanas”.

O médico lamentou que as doses da vacina anticovid sejam insuficientes para imunizar toda a população e assim frear a circulação do vírus. “A vacina faz toda a falta nessa hora. Necessitaríamos estar sendo vacinados em massa nesse momento para evitar o pior. Mas, por diferentes motivos, andamos a passos muito lentos”.

Ao final, Dantas faz uma análise catastrófica a respeito da situação: “a mesma onda se espalhará provavelmente por todo país. A ver como serão as respostas em cada local… quem está na frente tem mais tempo… vacina urgente!”.