Ana Lucía Reis consolida-se como a nova Prefeita de Cobija-Bolívia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
O Tribunal Eleitoral Pandino garantiu a transparência da contagem ao vivo e direto …

O MAS PERDEU AS ELEIÇÕES EM PANDO

transmitida ao vivo e direto por uma emissora de TV local e por meio do Facebook TED-Pando, o órgão eleitoral conseguiu escanear e contar as atas de 70 mesas de votação. No município de Cobija , elenco preliminar dos vencedores do concurso: Ana Lucía Reis como Prefeita e Regis Richter como Governador, este último sujeito a um possível segundo turno com Miguel “Chiquitín” Becerra, dependendo das atas que chegam dos outros 14 municípios devidamente guardados.

De acordo com os dados recolhidos pelo Sol de Pando durante a contagem iniciada pelo TED-Pando em tempo real às 22h de domingo – no total oficial dos 8.943 votos expressos em Cobija -, sob a sigla emprestada ao MTS, Ana Lucía Reis obteve 4.512 votos (50,45%); enquanto seu principal adversário, Erick Mollinedo Romero, candidato do MAS, alcançou 3.767 (42%). O terceiro lugar é ocupado por Roger Franco Pedraza, do CID, com 1.852 votos (21%).

Estes números incluem 70 assembleias de voto, das 180 instaladas no município de Cobija. Os registros analisados ​​pelos juízes eleitorais vieram de 20 dos 30 recintos de votação,

Ao final desta edição, faltavam contabilizar os registros das seguintes unidades educacionais: UE Cobija, Defensores do Acre, Instituto Americano, José Manuel Pando, Juana Azurduy de Padilla, Manuela Rojas, Mariscal Sucre, Rogelia Menacho Balcázar, Mejillones e Nueva Esperanza – além de uma parte faltante de Simón Bolívar e Vaca Diez com mais de 10 mesas em cada estabelecimento -, recintos onde funcionavam as restantes 110 mesas a serem apuradas nas horas seguintes.

Possível segunda rodada para o Interior

No site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foi divulgado o resultado oficial da votação – referente à contagem de votos, ainda registrada apenas no município de Cobija – para a governadoria de Pando.

Com 16,5% do total de 9.603 votos expressos no Departamento, Germán Richter do MTS alcançou 4.269 votos (44,45%) contra 3.749 (39,04%) obtidos por “Chiquitín” Becerra, o candidato de Evo Morales. O CID se consolida como a terceira força política em Pando, com 12% dos votos; ou seja, 1.123 votos obtidos por sua candidata, a ex-senadora Carmen Eva Gonzáles.

Esses números indicam uma tendência para o segundo turno iminente entre Richter e Becerra. Seguindo o calendário eleitoral atual, a votação será realizada no domingo, 11 de abril. As novas autoridades subnacionais eleitas tomarão posse entre 3 e 5 de maio.

Os resultados departamentais preliminares surgem após o escrutínio de 67 minutos exclusivamente do município de Cobija. São semelhantes aos que Sol de Pando estabeleceu para a votação municipal e também coincidem com uma crescente preferência dos cidadãos pelos dois candidatos ao MTS.

As duas únicas mesas onde o candidato de Evo Morales obteve uma clara maioria de votos, com ampla margem, são as que atuam no presídio de Villa Busch. Um total de 132 presidiários votaram em Becerra, 47 em Richter e oito em Eva Gonzáles.

Os atos dos restantes 14 municípios que são predominantemente rurais ainda não foram examinados. O registo eleitoral do Departamento de Pando resulta de 406 mesas de voto distribuídas em 165 distritos.

Um total de 73.221 cidadãos em idade de votar estão registrados no Registro Biométrico Pando; dos quais 12.779 estavam autorizados a votar; 10.229 foram às urnas. Os votos válidos foram 9.603 (93,88%), 335 votos brancos (3,28%) e 291 votos nulos (2,84%), segundo dados divulgados pelo TED-Pando.

soldepando