Bolívia fecha fronteiras por 24 horas para realização das eleições subnacional

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Chiquinho Chaves – sentinela da fronteira
Neste domingo dia 07 de março, acontece as eleições subnacionais nos departamentos bolivianos, onde serão eleitos os governadores de cada departamento, asambleista departamental (Deputado estadual),  Alcalde (Prefeito) e concejales (Vereadores).
Conforme legislação eleitoral boliviana é recomendado a circulação em dias de eleição somente de pessoas nacionais daquele país, e para evitar fluxo de outras pessoas a fiscalização se faz rigorosa.
Autoridades eleitorais bolivianas já comunicaram os brasileiros de Epitaciolândia e Brasiléia através de meios de comunicação que a partir da meia noite de sábado 06, o trânsito de pessoas e veículos estrangeiros estarão proibidos até que se termine a votação, já que a apuração dos votos demora em torno de 48 horas, por se tratar de eleição ainda em cédulas de papel.
Em ano atípico por conta da pandemia do coronavírus, as eleições na Bolívia obedecerão as medidas de segurança contra o covid-19.
O vogal do Tribunal Eleitoral do Departamento de Pando,  Levi Salez Roca, informa que a exemplo da experiência adotada nas eleições nacionais de 2020 para escolha de Deputados Federais e Senadores da Bolivia, tambem acontecerá nesse pleito departamental.
“Na realidade, os nossos recintos eleitorais podem comportar 10, 15 e até 20 mesas, uma mesa compreende atendimento de 180 a 200 pessoas, vamos está controlando a entrada de 5 em 5 pessoas por vez.  O horário de cada votante será de acordo com o numero de identidade dos eleitores, cada eleitor deverá levar sua caneta e nas seções eleitorais serão disponibilizados álcool em gel. O cidadão vai apenas mostrar sua identidade, não tendo o presidente de mesa que pegar no documento. Mais que tudo será cobrado o distanciamento social…”,pontua ele.
Segundo Roca, O sistema de saúde boliviano constatou que nas eleições de 2020, após as medidas adotadas, não foi constatado nem 1% de contagio por coronavirus.
O departamento de Pando terá uma disputa ao governo ampla com 06 candidatos

 

A covid-19, fez uma vítima fatal entre os postulantes ao cargo de Alcalde de Cobija dia 1º de março de 2021. O então candidato pelo partido Movimento Democrático Autonomista – MDA, Carlos Alberto Dão Perez (Carlos Dan), não resistiu a doença e morreu em Rio Branco-Acre, sua esposa MARIA FERNANDA CANEDO QUIROGA será a substituta na disputa eleitoral.