Botafogo entrega petição na CBF pedindo para não ser rebaixado para a segundona 2021

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Para a entidade, a pandemia não justifica tal medida, que está fora de cogitação
Silvio Barsetti
Direto do Rio de Janeiro (RJ)
Uma petição entregue por um grupo de botafoguenses à CBF, pedindo que os rebaixamentos na Série A do Brasileiro sejam desconsiderados em razão da pandemia de covid-19, não deve surtir nenhum efeito. O Terra apurou que a entidade máxima do futebol do País não se mostra simpática à ideia. Ao contrário, nem cogita de levá-la adiante
Petição de botafoguenses entregue na CBF pretende evitar rebaixamentos no Brasileiro

Foto: Sílvio Alves Barsetti

Para o grupo que tenta no ‘tapetão’ a última cartada a fim de salvar o Botafogo da queda, o argumento é um só: usar a pandemia para encobrir o fiasco em campo. O time está em último lugar e tem 99% de possibilidade de cair, segundo o matemático Tristão Garcia, do site infobola.com.br. Coritiba e Goiás também já estão com a passagem comprada para a Série B.

O advogado Arley Carvalho, que protocolou o documento na CBF, quer que o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) analise o caso e rebate que haja uma tentativa de virada de mesa.

Se isso se desse anos atrás, haveria até uma chance razoável de que fosse bem sucedido. Na primeira década dos anos 2000 o Botafogo chegou a ter quatro de seus torcedores entre os nove auditores de segunda instância do STJD , o tribunal Pleno. O clube assim não perdia nenhuma disputa importante na esfera da justiça desportiva.