Câmara de Epitaciolândia realiza sua décima primeira sessão ordinária de 2021

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Renny Carvalho

Debates acalorados e cobranças ao executivo municipal foram os destaques da décima primeira sessão ordinária de 2021 na Câmara de vereadores de Epitaciolândia, onde todos os parlamentares mirins do município se fizeram presentes.

Não houve inscritos no pequeno expediente, no grande expediente cinco vereadores usaram a tribuna da casa do povo.

O Vereador Rubens Rodrigues do PSD, reforçou todos os seus pedidos de providência anteriores, como a desobstrução de um bueiro na rua Elias bandeira no bairro da glória; pediu paliativo no Igarapé jiboia no km 11; pediu reparos no ramal Fontenele de Castro até a residência do Sr. José Louro; Falou sobre ausência de iluminação das quadras de esporte e a falta de incentivo das práticas esportivas e culturais no município; citou a verba de 4 milhões que veio para que toda a iluminação pública do município fosse trocada porem ainda existindo ruas escuras como no Bairro José Hassem, Rua São Sebastião; Relatou sobre a necessidade de paliativos no km 06 tanto lado esquerdo quanto lado direito; Falou sobre a dificuldade de deslocamento dos representantes do Procon para verificarem preços abusivos da carne de boi em Epitaciolândia mediante solicitação já feita ao órgão e fez mais uma crítica ao órgão Detran em relação ao atendimento e demora nas entregas de documentos, havendo necessidade de criar um do local de atendimento do Detran apenas para os Epitaciolandenses; finalizou pedindo que as sessões na Câmara de vereadores sejam reabertas ao público.

O Vereador José Maria do PSL, reiterou pedido de providência referente a estrutura metálica do ponto de táxi na travessa Fluminense com acesso à Rua Francisco Pontes de Aguiar oferecendo risco de desabar a qualquer momento em cima de uma residência; pediu paliativo na rua Elias Bandeira, e pediu explicações ao prefeito sobre o corte e retirada de gratificações do Ensino infantil tendo descontos de 5%, educação por educação especial com retirada de 10% dos vencimentos e educação por alfabetização que também sofreu descontos na ordem de 10%, mesmo o município não tendo cortes  de repasses do Ministério de educação, os funcionários da educação municipal tiveram seus vencimentos descontados.

O Vereador Nego do Progressista, reclamou sobre a ineficiência de secretários e funcionários municipais, bem como o mal atendimento de muitos deles deixando a imagem negativa da atual gestão; Falou sobre a falta de comunicação entre os órgãos, cobrou postura e transparência também dos secretários e solicitou novamente que a farmácia popular fique aberta durante todo o dia principalmente nas sextas feiras para atender melhor a população e caso não haja mudança no comportamento de alguns portariados do município, o vereador mudará sua forma de cobrar os mesmos.

 

O Vereador Marcos Ribeiro do PSDB, Cobrou melhorias, agilidade e eficiência no atendimento do órgão Detran; concordou com as cobranças feitas pelos vereadores aos detentores de nomeações no município que não dão respostas e soluções ao que é cobrado; falou sobre a falta de médicos plantonistas nas UBS mesmo com aprovação dos vereadores de contratação emergencial desses profissionais; lembrou que já foi repassado o problema da estrutura metálica na travessa fluminense faltando o secretário agilizar alguns tramites burocráticos, respondeu que sobre os cortes de repasses na educação o prefeito poderá responder assim que for na tribuna da câmara dia 21 de junho;  também solicitou que a farmácia popular fique aberta durante todo o dia.

O Vereador Messias Lopes do PT, Agradeceu a energiza por iluminar as invasões, fazer a troca de lâmpadas e postes. Mencionou sobre a situação da água na invasões do município e a resposta a ofícios enviados ao Depasa;  falou sobre a falta de planejamento da prefeitura com maquinas quebradas impedindo os paliativos dos ramais no início do verão;  mencionou o serviço de má qualidade feito no ramal Porongaba; falou sobre os carros da saúde que nunca estão funcionando corretamente e que é preciso colocar pessoas capacitadas e cuidadosas na direção e também fazer tabelas  de manutenção nos carros para evitar esse tipo de transtornos. Pediu transparência nas obras de reforma das praças.

O vereador presidente Diojino Guimarães do MDB, fez duras críticas a equipe de secretariado da atual gestão, onde não há comprometimento nem planejamento por parte da administração pública. Segundo o vereador o prefeito precisa fazer uma reforma administrativa imediata; muitos veículos da prefeitura estão em precária situação por falta de zelo dos motoristas novatos; Lembrou que o prefeito descumpriu acordo verbal entre executivo e legislativo onde um vereador iria fazer parte do processo seletivo da área de saúde e as escondidas as contratações estão sendo feitas sem a presença de um parlamentar mirim;  disse que em seus quarto mandato de vereador, essa equipe de prefeito Sérgio Lopes é a pior já vista em seis meses de gestão, desorganizada e que gestão pública não é brincadeira; finalizou dizendo que vai juntar todos os documentos encaminhados ao executivo que não houveram respostas e encaminhar ao Ministério Público.