Dêda Amorim vai disputar vaga de Federal em 2022, falta só definir a sigla

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Chiquinho Chaves

O ex-prefeito de Rodrigues Alves Dêda amorim, esposo da deputada estadual Maria Antônia, deve entrar na disputa por uma das vagas de deputado federal em 2022 conforme vontade de aliados e militantes de sua carreira politica de destaque na região do Juruá e agora espalhados por todo estado.

Habilidoso no ato de fazer politica, Dêda Amorim deu visibilidade ao desconhecido Partido Republicano da Ordem Social (PROS), ao organizar a legenda em todos os municípios acreanos e ter como esteio maior da sigla o mandato produtivo de sua esposa Maria Antônia, uma destacada parlamentar com serviços prestados de Assis Brasil ao Jordão.

Recentemente o PROS, saiu do comando de Amorim, indo para as mãos dos Milani (Vanda e Israel), e nem assim o ex-prefeito ficou enfraquecido, haja vista que, conseguiu fidelizar quase 100% de seu grupo politico, deixando apenas a sigla do 99 os novos comandantes.

Com grupos bem montados em todo estado, o nome de Dêda Amorim como candidato a deputado federal, não é para brincadeira ou apenas para cumprir numero de candidatos, é um nome para brigar por mandato e engrossa ainda mais o caldo de bons nomes em 2022.

Ainda sem partido desde que perdeu a direção do PROS no Acre, Dêda e Maria Antônia já receberam convite para se filiarem em quase todas as agremiações no estado, mas o casal tem sido cauteloso em definir a nova legenda muito embora o simpatia seja grande para o lado do Podemos que está sob a tutela de Ney que mesmo sendo Amorim, não é da mesma família de Dêda.