“Essa pesquisa só pode ter sido feita dentro do Palácio Rio Branco”, diz Petecão

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Assessoria

O senador Sérgio Petecão está cumprindo agenda, durante toda a semana, em Jordão, Feijó e Tarauacá. Petecão esteve em Novo Porto, uma comunidade de difícil acesso, localizada no município de Jordão, entre os rios Tarauacá e Muru. O senador só teve acesso à pesquisa de intenção de voto, divulgada pela Big data, nesta quarta-feira, 11, quando retornou à zona urbana.

Petecão foi direto. “O instituto do povo não tem nada a ver com essas pesquisas divulgadas por aí. O que eu ouço das pessoas nas ruas é que o governo atual não apresenta avanços e pouco trabalha. As pessoas me falam que precisam de um governo comprometido, capaz de cumprir o próprio plano de governo, capaz de cumprir as promessas feitas na campanha eleitoral”.

O parlamentar lembrou ainda que o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, começou com 4% das intenções de voto nas pesquisas. “Eu não sei quem está ganhando nessas pesquisas, só sei que quem vai ganhar a eleição é um tal de Petecão. Se tem alguém que vai ganhar, é ele”, declarou.

A pesquisa do Instituto Real Time Big Data entrevistou 600 pessoas por telefone, entre os dias 6 e 7 de agosto, em 14 cidades do Acre. O senador afirma que a quantidade de pessoas entrevistadas não condiz com a realidade. “Essa entrevista só pode ter sido feita dentro do Palácio de Rio Branco. Eu ando nas comunidades, no interior, na periferia. São nesses lugares que as pessoas mais precisam do poder público e sentem na pele a ineficiência de um governo. O que eu ouço nas ruas é a insatisfação das pessoas com uma gestão que usa a pandemia como desculpa para não trabalhar. Não vão fazer em um ano o que não foi feito em três”, afirmou o parlamentar.