Estudantes da Ufac protestam contra projeto que retira recursos da educação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Por Alcinete Gadelha

Um grupo de estudantes da Universidade Federal do Acre (Ufac) protestou na tarde desta terça-feira (26) contra cortes na educação. Com cartazes, eles se reuniram em frente à instituição para chamar atenção das pessoas e chegaram a fechar parcialmente um trecho da BR-364.

Os manifestantes são contra o projeto que remanejou mais de R$ 600 milhões do orçamento, que anteriormente, seriam utilizados no financiamento de pesquisas científicas.

Com o remanejamento da verba, Benedito Souza, um dos coordenadores do protesto, disse ao g1 que pelo menos 600 alunos da Ufac que recebem bolsas do Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) e de Iniciação pedagógica ficam prejudicados.

“A mobilização de hoje saiu da plenária de estudantes que ocorreu nacionalmente na sexta [22], em defesa da Pibid e residência pedagógica. Os estudantes estão sem receber o mês de setembro que seria pago no início de outubro e na Ufac mais de 600 estudantes estão sem receber”, disse.

Ele afirma que no Acre a maior parte dos estudantes dependem das bolsas.

“Vivemos um momento em que a educação, principalmente a licenciatura, vêm sofrendo diversos ataques. Como foi remanejado, a verba do Pibid e da residência pedagógica não estão garantidas e dependem de outros projetos”, explicou.