Gabigol entra em eleição que escolhe pior estrangeiro na Itália

618
Jogador brasileiro está emprestado pela Inter de Milão ao Benfica, mas não teve sucesso em sua carreira na Europa
LANCE!

A passagem de Gabigol pela Europa é totalmente diferente do que ele esperava e só piora. Neste domingo, o brasileiro entrou entre os concorrentes à nona edição do prêmio Bidone d’Oro (ou “Lixeira de Ouro”, na tradução para o português), uma eleição feita pela imprensa italiana que escolhe o pior jogador estrangeiro da atual ou da última temporada no país.

 Emprestado ao Benfica atualmente, onde também não consegue jogar, Gabriel marcou apenas um gol em dez partidas pela Inter de Milão. Ele soma apenas 332 minutos em mais de um ano no futebol europeu.

Além do atacante ex-Santos, outros que também concorrem são João Mario (Inter), Ever Banega (Inter), Jeison Murillo (Inter), Carlos Bacca (Milan), Gabriel Paletta (Milan), Nikola Maksimovic (Napoli), Juan Manuel Iturbe (Roma), Josip Posavec (Palermo) e Thomas Vermaelen (Roma).

No ano passado, Felipe Melo, hoje no Palmeiras, Hernanes, do São Paulo, Dodô, da Sampdoria, e Luiz Adriano, do Spartak Moscou eram os brasileiros concorrentes.