Médico alerta sobre a nova variante do coronavírus: “É terrível, se cuidem”

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

A nova variante do coronavírus, surgida no Amazonas, já circula por quase todo o país. No Acre, o governo aguarda a confirmação da presença da cepa, tida como a pior do mundo. No entanto, alguns profissionais de saúde já dão como certa a circulação da P1 no estado.

Um dos médicos mais conhecidos do Acre, Fabrício Lemos faz um alerta sobre a variante. De acordo com ele, a cepa pode lesionar os pulmões em dois ou três dias, velocidade cinco vezes maior que o primeiro tipo do vírus.

Em entrevista, Lemos, que atua na linha de frente da pandemia, diz que a P1 é “terrível” e pede para que as pessoas reforcem os cuidados, usando máscara, álcool em gel e mantendo o isolamento social.