Papito bate Chiquitin: Pando deve anunciar Novo governador departamental

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

 acrenews

Os bolivianos foram às urnas neste final de semana e decidiram pelo novo governador de Pando. Apesar de as urnas ainda serem computadas, Regis Richter Alencar (MTS), o Papito, obteve a maioria dos votos e já pode ser considerado governador eleito. Ele assume o lugar de Paola Terrazas, que assumiu o governo após renúncia de Luiz Flores, que assumiu uma cadeira no Senado boliviano.

De acordo com a regra eleitoral boliviana, o candidato pode comemorar vitória caso tenha 50% e mais um voto sobre o segundo concorrente. Nas eleições de março, nenhum partido alcançou essa diferença forçando uma nova eleição, em segundo turno.

“Papito” como é conhecido, tem 40 anos e é prefeito da cidade de Povenir, por 10 anos consecutivos. É médico de carreira. Será o primeiro cadeirante a assumir o governado de Pando. Nessas eleições, ele concorreu pelo Movimiento Tercer Sistema (MTS) partido contrário ao governo do atual presidente da Bolívia, Luis Arce.

Na chapa do MST, Ana Paula Valenzuela Becerra é candidata à vice-governadora. Ela é advogada e atualmente ocupa o cargo de vereadora de Cobija.

As eleições, de segundo turno, estão transcorrendo normalmente. A segurança em todos os cantos do Departamento de Pando foi reforçada, 400 militares participaram dos trâmites. Ao todo, 15 municípios receberam cabines de votação. Em Cobija, principais colégios eleitorais daquele departamento, quase 74 mil eleitores estavam aptos para votar.

Após a divulgação das primeiras parciais, apoiadores, membros da agremiação e o próprio Régis participaram de uma carreata na capital.