Por conta da Pandemia, Câmara de Epitaciolândia suspende atividades presenciais por 15 dias

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Assessoria

O presidente da Câmara de vereadores de Epitaciolândia Diojino Guimarães (MDB), emitiu portaria no ultimo dia 22 de Abril de 2021, suspendendo atividades presenciais na Casa do Povo num período de 15 dias, a partir do dia 26 deste referido mês.

Em suas várias atividades, estão suspensas as Sessões Ordinárias, exceto em caso de urgência urgentíssima, via convocação expressa da Presidência desta Casa ou do Prefeito Municipal.

Os debates nessas poucas sessões mostraram a nova dinâmica de um parlamento ativo, pelo menos para maioria deles, com boas pautas, cobranças, reivindicações e até busca de soluções como foi o caso do impasse no corte dos 10% dos funcionários da educação municipal, que se fosse depender do executivo tão cedo teriam seus vencimentos integrais restabelecidos, graças a ação de cinco dos nove vereadores que insistentemente brigaram em favor da categoria, foi obtido exito junto ao Tribunal de Contas do Estado.

O presidente Diojino Guimarães destaca na portaria, que diante da pandemia que estamos vivenciando, se faz necessário a adoção de medidas que visam minimizar as possibilidades de contágio do coronavírus por diversos outros órgãos da Administração Pública em todos os níveis da Federação.

Importante salientar que alguns dos vereadores de Epitaciolândia já testaram positivo para covid-19, e o atual presidente da Casa do Povo está em recuperação da doença.