‘Quem morreu, é porque tinha que morrer’, diz vereador sobre a Covid-19

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

O vereador Delcimar Fortunato (Avante), de Anápolis (GO), afirmou na segunda-feira (17) durante uma sessão da Câmara Municipal da cidade que “morreu [de covid-19] quem tinha que morrer”. A declaração foi uma tentativa do parlamentar em defender as ações da prefeitura na condução da pandemia.

“No momento do colapso [da pandemia], nós não deixamos a desejar. Conseguimos atender a demanda. Quem morreu, é porque tinha que morrer. Não foi por falta de leitos, não foi por falta de profissional. Então, assim, eu quero parabenizar o prefeito Roberto por fazer um trabalho de excelência”, afirmou o vereador.

Antes, o parlamentar havia elogiado a Saúde em Anápolis e parabenizando o prefeito Roberto Naves pelos investimentos na área. “Muitas vezes a oposição bate falando que a Saúde em Anápolis é muito ruim. Eu discordo. A gente só vê que a Saúde está bem, e muito bem, quando tem um ente querido da gente que precisa. Realmente observei esses dois dias. A gente só tem certeza depois que tem esse tipo de situação na família”, disse Delcimar.

Após a repercussão negativa de sua fala, o vereador usou a tribuna novamente no dia seguinte para se desculpar com familiares das vítimas da Covid-19. Segundo o parlamentar, a frase foi mal colocada. “O que quis dizer é que as pessoas morreram devido à letalidade do vírus e não pela falta de assistência ou atendimento no setor da saúde”, explicou Delcimar.