Revoltados, vereadores pedem respeito da energisa aos consumidores de Epitaciolândia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Assessoria

Os serviços de péssimas qualidades, aliado ao alto preço das tarifas de energia elétrica cobrados pela Energisa em Epitaciolândia, fizeram os vereadores José Maria (PSL) e Pantico da Água (SD),  cobrarem energicamente uma atenção de respeito aos consumidores do município.

Em vídeo gravado na tarde desta quarta-feira 19, José Maria relata que há tempos tenta enviar ofícios para o responsável pela empresa no município ou na região do Alto Acre, mas nenhum funcionário se presta a informar quem é o chefe do setor.

No vídeo é possível perceber a revolta do vereador José Maria com a deselegância da empresa em Epitaciolândia. “A gente não sabe a quem endereçar uma reclamação nesse setor…Na realidade, isso aqui é a Energisa pessoal, isso aqui é um oficio endereçado a Energisa e aqui ninguém sabe de nada, aqui funcionário não sabe informar quem é o chefe dos setores”, diz ele.

O vereador cita que a referida empresa sabe muito bem cobrar taxas e mais taxas, muitas delas absurdas, mas não presta serviço de qualidade, não só em Epitaciolândia, uma vez que as reclamações são gerais em todo estado. “É um órgão que custa caro para a população e oferta um péssimo serviço a população”, enfatiza José Maria.

Na tribuna da Câmara na ultima sessão ordinária, vários vereadores se manifestaram  contra o aumento abusivo das tarifas de energia elétrica, onde em muitos casos os valores ultrapassam 100% de reajuste de um mês para outro.

Em tempo, foi informado aos vereadores que o responsável pela Energisa nessa regional é uma pessoa por nome de Otor, apenas isso foi repassado, pois o sobrenome do dito chefe ninguém sabia ou não quis informar.

Diante de tamanha falta de compromisso com os Epitaciolandenses, os vereadores irão formar uma comissão para se deslocarem até a sede da empresa em Rio Branco, afim de obter respostas positivas aos tantos desmandos da Energisa no municipio.