Rio Branco: Bocalom decide que 1.800 alunos voltam às aulas presenciais em fevereiro

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Medida vale apenas o quinto ano do Ensino Fundamental; Educação garantiu todos os cuidados

Cerca de 1.800 estudantes do 5º ano da rede municipal de ensino retornam às salas de aula em Rio Branco no dia 8 de fevereiro, anunciou nesta quarta-feira (20) a Secretaria de Educação (Seme). A decisão foi do prefeito Tião Bocalom (PP).

De acordo com a secretária Nabiha Bestene, a medida se deu após cobranças da sociedade. Ela garantiu que todos os cuidados serão tomados para evitar proliferação do coronavírus em ambiente escolar. “Não seríamos irresponsáveis para retomar as aulas sem as devidas precauções”.

A pasta comunicou que vai adquirir equipamentos de proteção individual a todos os alunos e implantar rodízio de 50% dos estudantes nas salas de aula para não provocar aglomerações. Além disso, trabalhadores em educação serão capacitados para auxiliar nas medidas sanitárias.

Secretária Municipal de Educação, Nabiha Bestene / Foto: Leandro Chaves

Uma equipe da secretaria vai identificar as famílias que não quiserem enviar seus filhos à escola para garantir que esses jovens não sejam prejudicados. “Temos alternativas à disposição e uma delas é o ensino remoto. Sabemos que há crianças criados com avós vulneráveis e estamos tomando providências quanto a isso”, afirmou Bestene.

Crianças em fase de pré-escola e do primeiro ao quarto ano permanecerão com o ensino à distância. A ideia de voltar apenas com o quinto ano, segundo a secretária, é garantir que a transição entre a primeira e a segunda fase do Ensino Fundamental se dê sem prejuízos ao aprendizado dos jovens, que a partir da sexta série passam a ser de responsabilidade do governo do estado.

A decisão do prefeito vai fazer com que 28 escolas voltem ao funcionamento na capital. Ao todo, 60 turmas retornam às atividades.

O ano letivo de 2020 na capital acreana está previsto para acabar no final de abril. Até lá, a depender de como a pandemia se comportará em Rio Branco, a gestão estudará meios para a retomada das demais séries.