Segundo maior lago da Bolívia ‘evapora’ e se torna um deserto

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Redação Notícias

O lago Poopo da Bolívia se tornou um deserto devido ao aquecimento global e o desvio para irrigação. O lago, que já chegou a ser o segundo maior da Bolívia, sofreu um processo acelerado de desertificação que muitos especialistas consideram irreversível.

A água do lago evaporou devido ao clima quente e seco da região, em Oruro. Décadas atrás, o lago Poopo estava cheio de água e com tamanho aproximado do país europeu Luxemburgo.

O lago costuma ser preenchido com água doce do Rio Desaguadeiro, que nos últimos vinte anos passou a ter a maior parte dele desviada para irrigação. Este ato, combinado com o aquecimento global teve consequências devastadoras para o lago.

Especialistas dizem que Poopo nunca será o mesmo lago de seus tempos áureos. A catástrofe ambiental levou ao desaparecimento de cerca de 200 espécies de animais. O lago também era utilizado como fonte de recursos naturais para a comunidade indígena local, cuja vida era voltada para a pesca.

O lago Poopo e tinha uma área de 1 340 km², que poderia chegar a cerca de 2 500 km² quando completamente cheio. Situava-se a 3 686 m acima do nível do mar e era alimentado pelo rio Desaguadero, único fluxo de escoamento do lago Titicaca.