Soldado do Exército Brasileiro ameaça agentes de trânsito com faca em Brasiléia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

 Alexandre Lima

Uma ação inusitada foi registrada na manhã desta terça-feira, dia 12, no Bairro Raimundo Chaar, localizado Brasiléia envolvendo agentes de trânsito que estavam trabalhando nas ruas da cidade realizando fiscalização de praxe.

Os agentes Edson Assis de Araújo e seu colega Cleudo Gadelha, perceberam que um cidadão que trafegava em uma moto modelo Honda/Fan, placa MZX 2784, passou no sinal que estava vermelho, fato que está se tornando corriqueiro na fronteira por alguns ‘motoqueiros’.

Foi quando resolveram ir atrás do infrator que foi abordado e comunicado de sua infração. Ao verificarem a moto no sistema nacional, constataram que o veículo estava irregular por três anos e havia restrições administrativas e que seria apreendida.

R.S.C. de 23 anos, foi identificado como sendo um soldado do Exército Brasileiro, lotado na 4ª Companhia Especial de Fronteira em Epitaciolândia. Ao saber das infrações, ainda pediu para retirar a gasolina do tanque dentro do quintal e ao ser negado, os agentes de trânsito tentou impedir.

Foi quando o soldado puxou da cintura, uma arma branca (faca) acenando que iria atacar o agente Edson, que puxou sua algema e conseguiu desarmar inibindo o intuito do jovem que deixou a faca cair no chão, em seguida correu para dentro da casa do seu avô.

Com a chegada de uma guarnição da PM do 5º BPM, o soldado foi chamado para fora e recebeu voz de prisão sem resistência à prisão e foi conduzido para a delegacia. O caso foi comunicado ao Comando do Exército que o levou sob custódia, onde será realizado os procedimentos.