Taxista é preso por tráfico internacional de munição na BR-317

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Um taxista de 45 anos foi preso na tarde desta quarta-feira (10) durante abordagem da Polícia Civil na BR-317, em Xapuri, interior do Acre, por tráfico internacional de munição. No veículo, a polícia disse que ter achado uma grande quantidade de munição, mas não divulgou a quantidade e nem o calibre para não atrapalhar as investigações.

O táxi tinha saído de Brasileia sentido Rio Branco, capital acreana. A Polícia Civil afirmou que já investigava o suspeito há semanas. Ele foi levado para a Delegacia de Xapuri para prestar esclarecimentos.

O taxista transportava ainda alguns passageiros, que foram liberados pela polícia. “Não podemos divulgar o calibre e nem a quantidade para não atrapalhar os trabalhos. Estava no trecho de Brasileia para Rio Branco. Só ele foi preso, não sabemos ainda onde ia distribuir, é brasileiro e ainda estamos lavrando o flagrante”, resumiu o delegado Gustavo Neves, que investiga o caso.

Por G1 AC