Produtores ficam isolados em Epitaciolândia após rompimento do ramal

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Da redação

O que aparentava risco de isolamento de produtores no ramal da torre km 28 da BR 317 em Epitaciolândia, se configurou no final da manhã desta quarta-feira 10, com o rompimento do desvio ao lado da segunda ponte do referido ramal.

Na ultima sexta-feira dia 05, os vereadores José Maria (PSL), Rubens Rodrigues (PSD) e Pantico da Água (SD), estiveram no local onde uma ponte estava sendo recuperada e por conta disso a equipe do Deracre que trabalhava na melhoria da estrada vicinal, providenciou um desvio para garantir a trafegabilidade das pessoas.

Os vereadores em questão, denunciaram que os serviços não foram feitos com qualidade e o risco de apartar o trecho improvisado era muito grande por não haver compactação do solo e a força da água das chuvas serem intensas.

Na tribuna da Câmara em sessão ordinária, os vereadores alertavam a prefeitura de Epitaciolândia para que tomassem alguma providencia quanto ao possível isolamento e diante do abandono dos serviços no ramal pela equipe de governo através do Deracre.

Em vídeo, moradores do ramal a da torre pedem que alguma providencia seja tomada urgente pois muitos produtores rurais residem após o trecho onde ficou intrafegável.

É valido lembrar que esses agricultores em grande maioria, obtém uma renda extra com vendas de produtos na feira livre que acontece todas as quintas-feiras no mercado municipal da cidade.

Um morador do ramal da torre que não quis se identificar, anunciou que mais de 30 famílias estão isoladas, e que no inicio da tarde desta quarta-feira apareceu algumas pessoas de uma empresa vistoriando o local mas não se posicionou a cerca da recuperação do ramal.