Vendedores da Pracinha do Skate em Epitaciolândia podem ser remanejados para outro local

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Da redação

Dezenas de comerciantes do ramo de alimentação (espetinhos,  lanches variados e outros), que há uma década e meia estão instalados na praça 28 de Abril (Praça do Skate), procuraram a câmara de vereadores de Epitaciolândia para encontrar apoio dos parlamentares mirins diante da ideia da prefeitura de remanejar os vendedores para outra localidade.

Os vendedores da pracinha, como são chamados, foram comunicados que a prefeitura estuda levá-los para outro local até que seja feita a recuperação da praça de alimentação. Ocorre que os vendedores temem que  ao término da obra, a prefeitura não aceite mais vendedores no local.

Maioria dos vereadores foram enfáticos em dizer que não é de hoje que as gestões tentam retirar os vendedores da pracinha. Uns lembraram que os ex-prefeitos  André Hassem, e Tião Flores,  tentaram tirar os vendedores daquele lugar com a proposta de padronizar os espaços de vendas, mas não obtiveram êxito.

Os vendedores estão numa sinuca de bico, um deles que preferiu não se identificar disse que o delegado quando era candidato costumava lanchar na praça, e sempre dizia que não ia mexer com nenhum deles caso fosse eleito, acontece que o homem mudou muito depois que ganhou, vai que ele joga nós pra outro canto e não aceita mais a gente voltar depois, nós vamos fazer o quê?, pergunta ele.

Atualmente são mais de 30 famílias que tiram seus sustento das vendas noturnas na praça 28 de abril, algumas dessas pessoas estão há mais de 15 anos com seus boxes em funcionamento.

Os vereadores Messias Lopes (PT), José Maria (PSL), Rubens Rodrigues (PSD), Pantico da Água (SD), Preta (PP) e Seliene Lima (Podemos), se dispuseram a intermediar uma conversa com o prefeito Sérgio Lopes e uma comissão que representará os vendedores, e a partir daí saber quais as reais intenções do executivo para com a categoria.

Pelo que foi dito aos vereadores, a proposta é que os vendedores sejam levados para o estacionamento do estádio de futebol de Epitaciolândia, na entrada da cidade. Os vendedores estão propondo se instalar na praça Edmundo Pinto,  nesse período de reforma da praça de alimentação,