Vereadores irão bloquear ponte em protesto aos assaltos ocorridos na fronteira do Acre

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

 Alexandre Lima

A decisão dos vereadores do municípios de bloquear a ponte Wilson Pinheiro, que dá acesso ao lado boliviano marcado para a próxima segunda-feira, dia 8, no período da tarde, mudou de data.

Os edis, Marinete Mesquita Mesquita, Elenilson Cruz, Leomar Barbosa, Marcos Tibúrcio, Lessandro Jorge, Jurandir Mesquita, Arlete Mesquita e Neiva Badotti, se manifestaram em favor de antecipar o bloqueio da ponte para este sábado, dia 6, a partir das 6 horas.

Os vereadores do município vizinho, Epitaciolândia, foram convidados a fazer o mesmo. Tal bloqueio dar-se-á, pelos acontecimento registrados nos últimos dias, quando moradores das duas cidades passaram a ser alvos de assaltos constantes.

Em menos de uma semana, 7 motocicletas foram roubadas. Algumas das vítimas foram abordadas por bandidos armados e tiveram suas vidas por um fio. Todos os veículos foram levados para o lado boliviano.

Sem nenhum meio de fiscalização, os bandidos estão passando para ambos os lados sem serem incomodados. Já foi levantado que grupos criminosos estão buscando guarida no lado boliviano, onde as autoridades brasileiras não podem agir.

Diante dos fatos, os vereadores com apoio popular, estão buscando a atenção das autoridades do Acre na área de segurança, para que tomem alguma atitude e freie esse aumento de roubos, furtos e assaltos na fronteira.

“Nossa população está temerosa, com medo de sair de casa, então, nossa ação será imediata. Estamos buscando ações imediatas por meio de nossos governantes já”, destacou a vereadora Marinete Mesquita.

Todo a ação realizada pelos vereadores nesta sexta-feira, dia 5, já foi comunicada a alta cúpula da segurança pública do Acre. O vereador Elenilson Cruz e Neiva Badotti, estiveram reunidos com o coronel Ulisses Araújo, Sub-Secretário de Segurança do Acre, onde comunicou que já estariam trabalhando com a Sejusp para dar uma resposta o mais rápido possível sobre o caso.

VEJA VÍDEO